domingo, 30 de janeiro de 2011

Quem é você ? ou melhor ,Quem sou eu?

De cabeças a cabelos a plateia foi lotando....das mais diferentes as mais comuns se aglomeravam no recinto....
Não estou tão acostumado com muito glamour ...mais não deixei de me render a uma taça de espumante com cereja logo na entrada....
Os sinais já haviam tocado, foi quando vi um bombardeio de flashs, todos os olhares se contorciam pra saber quem era. Uma jovem bela, frágil e imaculada...ah era a mocinha da novela das nove! seu namorado estava atuando, e você sabe ,estreia as pessoas gostam de prestigiar. Paola Oliveira era seu nome.
Tudo se apaga, e as cortinas se abrem...lá esta ela, quase embriagada, jogada ao chão,era a Ruth ou a Raquel ? nenhuma das duas ,confundi as gêmeas e a novela.
Numa conturbada recepção de amigos, a morte era o assunto que permeava .Verdades jogadas,dor, gritos e palavrões (achei chulo, mais tudo bem).

No desenrolar surge uma Sra, ninguém sabia quem era , muito menos de onde vira, até os personagens desconfiavam. Mas porque "A senhora de Dubuque"?
Era a mãe,tão escondida e inventada, parecia que veio anunciar a morte..mas veio por em questão, quem era quem, no fundo ninguém sabia.
Será que sabemos quem somos?

Pelo menos sabemos de onde ela veio.
"A Senhora de Dubuque"

3 comentários:

  1. Nossa! fiquei curioso ... estou indo a Sampa ... quero ir ver ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir
  2. ops: nunca disse isto ... adoro os mantras de seu blog ...

    bjux

    ;-)

    ResponderExcluir